Pulsar

By Sofia B. - março 26, 2015

- O que foi?
- Nada.
- Nada?
- Sim, nada.


E fico a admirar o teu rosto de perfil. Sim admirar é o verbo certo.
Com todas as tuas imperfeições, não poderias ser mais perfeito.
E gosto de admirar toda essa perfeição.
Olhar o teu cabelo negro, olhar a linha da tua testa, nariz, lábios, queixo e pescoço e sem te tocar sentir a textura dos fios, da pele na ponta dos dedos de tão bem que já te conhecem.
Sentir o teu pulsar mesmo não precisando de te tocar.



  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Deixa a tua marca